magazinecidamont

MT

terça-feira, 25 de outubro de 2016

Computador verificando memória danificada

Resultado de imagem para memorias pc
Como fazer para verificar se a memória está danificada!
1_ entre no SystemCMOS setup apertando DEL assim que inicia o computador;
2_ vá pra Bios Features System(características de sistema da Bios)
3_ DESABILITE o "Quick Power On Self Test"
4_ salve e reinicie, ele vai contar toda a memória RAM disponível e se o chip tiver defeito no fim aparece escrito Memory Test Failed (falha no teste de memória)

Instalação e configuração de un Hotspot WI-FI

Utilização do Softvision Explorer para gestão de um Hotspot
Na versão Profissional, o Softvision Explorer pode gerir o acesso à Internet de computadores ou outros dispositivos como palmtops, celulares etc., utilizando uma conexão sem fio (wireless). Esses dispositivos não necessitam de qualquer tipo de software para acessar o Hotspot gerenciado pelo Softvision Explorer.  Para poder operar o programa desta forma, é necessário equipar o servidor com uma placa de rede adicional de modo tal que possa ser conectado a duas redes diferentes, denominadas LAN 1 e LAN 2: a primeira rede é conectada à Internet enquanto a segunda é conectada a um Hotspot (ou a um Roteador wireless) que gerencia as conexões wireless.
A esquema a seguir ilustra este tipo de utilização:
 
Instalação e configuração de un Hotspot WI-FI
A primeira rede (LAN 1) tem um espaço de endereços 192.168.0.x, enquanto a segunda rede (LAN 2) tem endereços do tipo 192.168.1.x. As duas redes têm assim espaços de endereços diferentes e os elementos das LAN 2 não podem usufruir diretamente da conexão com a Internet fornecida pela LAN 1.
Na página "Configuração do Hotspot", da função Preferências, é preciso selecionar as duas placas de rede conectadas a LAN 1 e a LAN 2,  enquanto na página "Dispositivo wireless" é necessário especificar o tipo de dispositivo wireless que se utiliza para fornecer a conexão WI-FI, escolhendo entre os dois tipos disponíveis: Hotspot ou Roteador wireless. As instruções que se seguem são referentes ao caso do Hotspot. Para as informações sobre a configuração em presença de um Roteador wireless, consulte a página Configuração com roteador wireless.
Após ter selecionado a utilização do Hotspot, é preciso especificar se deseja utilizar o servidor DHCP interno do programa. Se decidir não utilizar este servidor, será necessário utilizar aquele eventualmente presente no Hotspot ou o implementado por outros softwares instalados no computador.
Além disso, é indispensável assegurar-se que no servidor não estejam em execução servidor WEB ou IIS ou outros serviços que utilizam a porta 80.
Vejamos agora como devem ser configurados todos os elementos presentes do esquema anterior:
Roteador Modem ADSL
Este roteador, conectado à LAN 1, se ocupa de fornecer a conexão com Internet ao servidor, através do qual está conectado com a primeira placa de rede. 
A configuração é feita da seguinte forma:

- Endereço IP: 192.168.0.1
- Subnet mask: 255.255.255.0

Na página de configuração Hotspot você deve ativar o "uso interno NAT" (requer o Firewall do Windows ativo).
Hotspot  
A porta da LAN do Hotspot deve ser configurada de forma estática (IP Estático), da seguinte forma: 

Endereço IP: 192.168.1.1 
- Subnet mask: 255.255.255.0
- Gateway: 192.168.1.2 (endereço da placa de rede do servidor conectada à LAN 2)


Placa de rede do servidor
Placa de rede conectada à rede LAN 1:

- Endereço IP: 192.168.0.2
- Subnet mask: 255.255.255.0
- Gateway predefinido: 192.168.0.1 (endereço do Roteador Modem ADSL)
- DNS: endereços dos servidores DNS do provedor de Internet

Para o IP desta placa foi inserido 192.168.0.2 somente a título de exemplo. Este endereço pode ser definido como um qualquer outro valor compreendido entre 192.168.0.2 e 192.168.0.254

Placa de rede conectada à rede LAN 2:  
- Endereço IP: 192.168.1.2
- Subnet mask: 255.255.255.0
- Gateway predefinido: nenhum valor

NOTA: Todos os endereços IP utilizados na configuração anterior podem ser personalizados de forma livre, desde que as modificações sejam coerentes com os outros elementos da rede. Por exemplo, é possível definir a primeira placa de rede com  o endereço IP 192.168.1.5, mas obviamente neste caso será necessário trocar também a configuração de rede do Hotspot, utilizando um espaço de endereços diferentes de 192.168.1.x (por exemplo, 192.168.2.1 para o Hotspot e 192.168.2.2 para a segunda placa de rede).
Configurações mistas
Até agora, examinamos duas configurações: uma com somente posições fixas e outra com posições WI-FI que não necessitam do Explorer Client. Também são possíveis configurações mistas onde na LAN 1 estão presentes posições fixas e na LAN 2 são conectados usuários WI-FI e posições Fixas (que não necessariamente executam o Windows).

Instalação e configuração de un Hotspot WI-FI

 

A vantagem das conexões na LAN 2, é que o tráfego da Internet gerado pode ser controlado pelo Explorer Manager utilizando-se as funções de firewall e de limitações de banda presentes na função Grupos de usuário do programa. Uma outra vantagem é que para a conexão na LAN 2, o log do tráfego é efetuado diretamente pelo servidor e não pelo cliente, como ocorre para as posições na LAN 1. Isso implica que seja logado o tráfego gerado de qualquer aplicação utilizada pelo cliente e não somente aquela gerada pelo Internet Explorer como acontece para as posições fixas em LAN 1. Os usuários conectados através da LAN 2 poderão assim utilizar navegadores alternativos como Firefox, Opera etc., programas de mensagens, FTP ou qualquer outro programa que use Internet.

O computador está desligando sozinho? Entenda por quê

Felipe Alencar

por 
Para o TechTudo


Se você usa o computador por horas a fio, seja para entretenimento ou para trabalho, já deve ter passado pela seguinte situação: na hora de salvar um arquivo importante ou passar de uma fase difícil em um jogo, o PC desligou sozinho, sem motivo aparente. Isso acontece por diversas razões e, sem uma análise detalhada, não é possível identificá-los.
Neste artigo iremos listar os principais motivos que ocasionam o desligamento repentino do PC. Ao entender por que isso acontece, você poderá agir de modo mais apropriado para evitar esse desapontamento.
Veja no vídeo abaixo as possíveis causas desse problema:

Superaquecimento
O superaquecimento das peças é o motivo mais recorrente de desligamento repentino. Muitos componentes do PC, como o processador, placa de vídeo e placa-mãe; executam milhões de cálculos por segundo. Isso faz com que os chips aqueçam muito rapidamente e atinjam temperaturas elevadas.
Superaquecimento pode causar desligamento do computador (Foto: Reprodução/Genious PC)Superaquecimento pode causar desligamento do computador (Foto: Reprodução/Genious PC)
Como forma de prevenir que o componente acabe queimando, todos eles possuem mecanismos de proteção. Assim, ao atingir uma determinada temperatura, eles desligam automaticamente, a fim de resfriarem e durarem mais tempo.
Portanto, vale checar se o sistema de refrigeração de seu PC está em dia. Veja se há muita poeira acumulada nos coolers e ventoinhas, troque a pasta térmica do processador e veja se o gabinete está em um local onde o ar pode circular livremente. No caso de notebooks, é bom não usá-los em cima de camas ou travesseiros, pois os mesmos podem obstruir as saídas de ar.
Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone
Fonte de alimentação defeituosa ou ineficiente
Ás vezes pode ser necessário trocar a fonte (Foto: Felipe Alencar/TechTudo)Ás vezes pode ser necessário trocar a fonte (Foto: Felipe Alencar/TechTudo)
Se você trocou algum componente do computador recentemente por um mais potente, pode ser que a sua fonte de alimentação não esteja conseguindo suprir a demanda. Quanto mais poderoso for o componente, mais energia ele consome, Assim, a sua fonte de alimentação deverá ter uma potência adequada.
Caso ela não esteja fornecendo energia suficiente para todas as peças, isso acarretará no mau funcionamento e no eventual desligamento da máquina. Para checar se isso está acontecendo, é bom utilizar uma calculadora de potência, como o programa eXtreme Power Supply Calculator. Nele você insere todas as configurações de sua máquina e calcula qual a potência necessária que sua fonte deve ter.
Além disso, é importante notar se a ventoinha da fonte está funcionando normalmente ou se está obstruída com muita poeira. Se você sentir um leve cheiro de queimado, é bom considerar a troca do componente por um mais novo e com mais potência.
Bateria do notebook
A bateria do notebook é um dos itens que estragam mais rapidamente. Em pouco tempo ela fica viciada ou descarregando rapidamente. Se você costuma usar o notebook ligado apenas na bateria e ela estiver com defeito, pode ser que o notebook fique sem energia cedo ou tarde.
Memória RAM
Memória RAM (Foto: Divulgação)Memória RAM (Foto: Divulgação/Elixir)
A memória RAM é um tipo de memória fundamental para qualquer computador. Sem ela, a máquina nem sequer liga, já que todos os dados que o computador precisa para funcionar ficam armazenados temporariamente nela.
Os principais problemas com memória RAM ocorrem devido a oxidação. Se faz muito tempo que você não limpa a sua placa-mãe e você vive numa região mais úmida ou fria, pode ser que os contatos do slot tenham oxidado. Isso prejudica a passagem da corrente elétrica e, consequentemente, o bom funcionamento da memória. A solução pra isso é limpar os componentes com álcool isopropílico ou uma solução de limpa contatos.
Além disso, certifique-se de que as memórias estejam bem encaixadas em seus slots. Se não for o caso, elas também não funcionarão corretamente. Mas, se os módulos estão bem encaixados e não há sujeira para causar oxidação, vale fazer alguns testes na memória para identificar outros problemas.
Checando a memória RAM
Checando a memória RAM no Windows 10 (Foto: Reprodução/Felipe Alencar)Checando a memória RAM no Windows 10 (Foto: Reprodução/Felipe Alencar)
Windows 10 possui uma forma fácil de verificar se a memória RAM de seu PC tem algum defeito ou não. Para isso, vá ao Painel de Controle e digite na caixa de pesquisa por “memória”. Daí, nas opções que aparecerem, clique em “Diagnosticar problemas de memória do computador”. Por fim, escolha se você deseja verificar agora ou verificar na próxima reinicialização.
Disco rígido (HD) 
Embora o disco rígido apareça com menos frequência na lista de culpados pelos desligamentos repentinos, ele também tem a sua parcela de contribuição. Diferente do SSD, que não possui partes móveis, os HDs possuem um braço mecânico e um conjunto de pratos magnéticos, responsáveis pela gravação dos dados.
Com o passar do tempo e o uso, alguns setores do HD começam a apresentar defeitos. Se algum arquivo do Windows crucial para seu funcionamento for atingido, o computador pode desligar sozinho e, pior, nem sequer conseguir iniciar novamente o sistema operacional.
Assim, é válido usar a ferramenta nativa para fazer um escaneamento no HD e se certificar de que ele não está com nenhum problema.
Checando o disco rígido
Passo 1. Clique com o botão direito do mouse sobre a unidade de disco que você deseja verificar. No menu que for exibido, escolha a opção “Propriedades”;
Cloque em "Propriedades" (Foto: Reprodução/Felipe Alencar)Cloque em "Propriedades" (Foto: Reprodução/Felipe Alencar)
Passo 2. Clique na aba “Ferramentas” e depois clique em “Verificar agora” para começar a verificar a unidade escolhida;
Clique em Verificar agora (Foto: Reprodução/Felipe Alencar)Clique em Verificar agora (Foto: Reprodução/Felipe Alencar)
Arquivos do sistema danificados
O Windows, com o uso, acumula muito lixo e arquivos desnecessários. Isso pode corromper alguns arquivos ou entradas de registro, causando o mau funcionamento do sistema. Felizmente, o próprio sistema operacional possui ferramentas que permitem fazer uma restauração no sistema e assim voltar a pontos anteriores, onde tudo estava em ordem.

Notebook desligando sozinho.

Seu notebook anda desligando sozinho e te deixando na mão em momentos nada adequados?
Antes que você apele para a solução de “junta tudo e joga fora”, acalme-se! – nem tudo está perdido e a solução pode ser mais fácil do que você imagina!
Entenda quais são as possíveis causas que podem levar o seu notebook a desligar sozinho e solucione esse problema de uma vez por todas.

Notebook desligando sozinho – Possíveis causas.

Poeira

Uma das causas mais comuns é a poeira que entra dentro do notebook através das saídas de ar. Se o seu computador é antigo e nunca foi aberto para uma limpeza de hardware, pode ser esse o problema – a sujeira de uso.
Para evitar que isso aconteça muito cedo com sua máquina, evite utilizá-lo em locais sujos e cheios de poeira. Além disso, lembre-se de limpá-lo e limpar bem a mesa sobre o qual você vai trabalhar.
Prevenir o estrago é o melhor – inevitável se você quer que o seu notebook não perca a qualidade.

notebook-desligandoSuperaquecimento

Quando o computador fica muito quente, o próprio sistema operacional desliga-o como forma de prevenção contra perda de peças. Portanto, coloque a mão sobre ele e veja se ele está muito quente.
Se a resposta é sim, provavelmente a causa é superaquecimento.
Um dos motivos mais comuns do superaquecimento é a própria sujeira do dia a dia que fecha as saídas de ar, esquentando a máquina.
Neste caso você pode verificar a temperatura dos componentes do seu notebook com o Software Everest.

Erro de sistema

Saindo da parte externa do computador, o problema pode ser interno – erro de driver mal instalado ou mal atualizado, erro de sistema como um todo.
Quando o seu notebook desliga? Quando você está fazendo uma tarefa simples como navegar na internet e digitar um texto ou durante tarefas mais pesadas que exijam maior empenho do processador? Ele trava durante o jogo?
É muito importante identificar qual atividade está executando na hora do desligamento, isso pode identificar um possível vírus.

Memória RAM

Pode acontecer que sua memoria está danificada ou suja, se em momentos antes de desligar aparece uma tela azul possivelmente será problema da memória. Neste caso você pode tentar retirar sua memoria e passar uma borracha no conector da memoria que se encaixa na placa mãe. Pode ser que resolva.

Outras causas – Como resolver

Para resolver o problema do notebook desligando sozinho, considere:
Ter um bom antivírus instalado, para evitar possíveis problemas.
Caso seja detectado o problema de superaquecimento, troque a pasta térmica do processador, caso não saiba efetuar este procedimento leve o notebook em um técnico para realizar uma limpeza interna.
Além disso, vale a pena investir em uma mesa com cooler para melhorar a refrigeração da máquina. Está é uma ótima opção se você utiliza com frequencia seu notebook em lugares menos refrigerados.
superaquecimento-no-notebook
Você está com este problema e ainda não encontrou uma solução? Deixe seu comentário abaixo para podermos ajuda-lo!

segunda-feira, 18 de julho de 2016

Notebook não liga. Acende o led da bateria mas não o led da corrente elétrica.

Os problemas descritos são causados por componentes mosfetes ,
Resultado de imagem para mosfet placa mae
 o primeiro problema citado foi aperta power e nada acontece e apenas led da bateria aceso, o segundo e que quando aperta power led laranja pisca, bom no primeiro caso aconselho testar os mosfet perto do DC Jack é um CI de 8 pernas , o segundo caso e um mosfet situado perto do conector da bateria testem ele também este faz parte do circuito charge.